O QUE É A FORÇA NA MAÇONARIA ?

9 de Abril de 2017

Saudações, estimado Irmão! O QUE É A FORÇA NA MAÇONARIA?   As três colunetas alegóricas presentes nos altares das Luzes se destinam a remeter os Obreiros a informações de ensinamentos ternários, de diferentes culturas, porém, com a mesma simbologia. Jônica, Dórica e Coríntia. Salomão, Hiram rei de Tiro e Hiram Abiff. Sapientia, Salus e Stabita. Minerva, Hércules e Vênus. Sabedoria, FORÇA e Beleza. Destacamos a simbologia da FORÇA. Existe nos labores maçônicos uma conotação...

Continuar leitura…

DORSEL OU DOSSEL?

4 de Abril de 2017

Saudações, estimado Irmão! DORSEL OU DOSSEL? Embora os dicionários instruam sobre a similaridade das duas palavras, nos Templos Maçônicos, dorsel e dossel são elementos diferentes.   Dorsel, etimologicamente, é correlativo de dorsal. Relativo “ao dorso”, “às costas”. Diz do espaldar, que é a costa das cadeiras. Não há nenhuma previsão mística e esotérica na ritualística, quanto ao tamanho, tipo, cor ou a decoração das cadeiras dispostas no templo. Certo é que, em vários lugares, e...

Continuar leitura…

REFLEXÃO MAÇÔNICA

27 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! REFLEXÃO MAÇÔNICA Antes de tratarmos o tema sob a perspectiva da Maçonaria, vamos nos valer do conhecimento acadêmico para gerar especulações simbólicas e fazer algumas divagações úteis. Nos estudos da Matemática, a reflexão é evidente na sagrada Geometria. Temos uma figura e, quando SOBREPOMOS os pontos que a compõem em um outro plano, todos na mesma distância, o que resulta é uma imagem especular da original. A partir deste postulado, de que se deve const...

Continuar leitura…

SOBRE O AUXÍLIO MAÇÔNICO

23 de Março de 2017

SOBRE O AUXÍLIO MAÇÔNICO   “Toda oportunidade que perderes de ser útil, serás considerado perjúrio.”   Simples assim? Não!  Afinal, toda emoção que extrapola a razão, faz do Maçom um tolo. A instrução deve se impactante, a fim de não nos perdermos ou mal administrarmos energias, tempo e recursos financeiros.  A CARIDADE MAÇÔNICA SÓ PODE SER CONSIDERADA COMO TAL, SE CUMPRIDOS OS REQUISITOS: JUSTO E NECESSÁRIO. Sabiamente, este preceito nos é instruído desta forma para evitar o famig...

Continuar leitura…

A MAÇONARIA E O AMOR

23 de Março de 2017

A MAÇONARIA E O AMOR Vários sentimentos norteiam os Maçons levando-os às práticas necessárias para consolidação, basicamente, em duas situações. A primeira, no campo individual, inspira-o a tornar-se “Justo e de Bons Costumes”. A segunda, o motiva a ser um “Construtor Social” Estes sentimentos e práticas, muitas vezes estão explícitos, como a Fraternidade, a Fé, a Liberdade, a Esperança, a Temperança. Outros permanecem subentendidos, como o juntar de calcanhares, o bater no avental ou a...

Continuar leitura…

O Avental é Branco

5 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! O AVENTAL É BRANCO   Como elemento material, os aventais têm como função primordial proteger o trabalhador. Esta proteção se faz contra cortes, perfurações, queimaduras e também às sujeiras. Com o mesmo propósito, ou seja, proteção, nós Maçons Especulativos só podemos adentrar ao Templo, devidamente paramentados.   O primeiro desvio se dá pela deturpação do ato. Quando, por exemplo, um soldado coloca a farda, o capacete, o cinturão, o coturno, ele não está...

Continuar leitura…

COLABORAR COM O QUARTO DE HORA DE ESTUDO

5 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! COLABORAR COM O QUARTO DE HORA DE ESTUDO Em breve, nossas Lojas estarão em plena Força e Vigor.   Há três momentos extremamente importantes no labor maçônico praticado nos Templos:   - A Ordem do Dia - sem a qual não há o progresso do Maçom como partícipe da sociedade.   - O giro do Tronco de Solidariedade - cuja importância para o espírito maçônico não está na coleta dos metais, mas no seu propósito em aplicá-los no socorro aos desamparados da sorte. ...

Continuar leitura…

PACIÊNCIA OU TOLERÂNCIA MAÇÔNICA ?

3 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! PACIÊNCIA OU TOLERÂNCIA MAÇÔNICA? Em nossa caminhada encontramos momentos em que a tolerância maçônica é invocada para resolver situações diversas. O problema surge quando a ação atinge as raias da apatia ou o pior, chega à atitude de conivência. Comentamos em artigo anterior sobre a relação do Maçom Tolerante para com o seu meio e para com os Irmãos. Tal relação foi interpretada sob a luz da virtude da indulgência (disposição para perdoar culpas ou erros) e...

Continuar leitura…

TEMPLO MAÇÔNICO UM AMBIENTE SAGRADO

1 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! Retornando de Patos de Minas – MG, me pus a pensar sobre o que torna o TEMPLO MAÇÔNICO UM AMBIENTE SAGRADO    Consideremos o que seja um ambiente sagrado para nós. O que deve ser venerado; algo inviolável, respeitável e purificador do espírito. O que torna algo sagrado, não é a coisa, o objeto ou o ambiente em si. O que sacralizamos é a interação de algo com o nosso Ser e do nosso Ser com este algo. Nesta simbiose profunda, frequentemente, propici...

Continuar leitura…

NÃO HÁ DIREITOS MAÇÕNICOS

28 de Fevereiro de 2017

Saudações, estimado Irmão!   NÃO HÁ DIREITOS MAÇÔNICOS Em 11 de Agosto de 1891, o então Muito Poderoso e Sublime Grande Capítulo dos Cavaleiros Noaquitas para o Brasil, em Sessão de Grau de Cavaleiro Rosa-Cruz, produziu uma máxima que deve nortear todo Maçom, indiferente do grau alcançado. De posse desse conhecimento, devemos ter bem claro em mente que a nossa condição de Maçom não nos credencia a direitos. O processo iniciático dos graus são afirmações de compromissos, ou seja, ...

Continuar leitura…