COMPARTILHAR O ALIMENTO

16 de Abril de 2017

Saudações, estimado Irmão! COMPARTILHAR O ALIMENTO Nos Graus Simbólicos dos labores maçônicos, todos nós conhecemos ou, pelo menos, já ouvimos falar do Banquete Maçônico realizado, preferencialmente, nas celebrações dos solstícios e equinócios. No Rito Escocês Antigo e Aceito, há uma cerimônia específica voltada ao Compartilhamento do Alimento. (Faz-se necessário destacar que o Irmão deve ter em mente, que estas cerimônias não se destinam ao empanturramento ou ao embebedamento.) Os ex...

Continuar leitura…

O QUE É A FORÇA NA MAÇONARIA ?

9 de Abril de 2017

Saudações, estimado Irmão! O QUE É A FORÇA NA MAÇONARIA?   As três colunetas alegóricas presentes nos altares das Luzes se destinam a remeter os Obreiros a informações de ensinamentos ternários, de diferentes culturas, porém, com a mesma simbologia. Jônica, Dórica e Coríntia. Salomão, Hiram rei de Tiro e Hiram Abiff. Sapientia, Salus e Stabita. Minerva, Hércules e Vênus. Sabedoria, FORÇA e Beleza. Destacamos a simbologia da FORÇA. Existe nos labores maçônicos uma conotação...

Continuar leitura…

DORSEL OU DOSSEL?

4 de Abril de 2017

Saudações, estimado Irmão! DORSEL OU DOSSEL? Embora os dicionários instruam sobre a similaridade das duas palavras, nos Templos Maçônicos, dorsel e dossel são elementos diferentes.   Dorsel, etimologicamente, é correlativo de dorsal. Relativo “ao dorso”, “às costas”. Diz do espaldar, que é a costa das cadeiras. Não há nenhuma previsão mística e esotérica na ritualística, quanto ao tamanho, tipo, cor ou a decoração das cadeiras dispostas no templo. Certo é que, em vários lugares, e...

Continuar leitura…

REFLEXÃO MAÇÔNICA

27 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! REFLEXÃO MAÇÔNICA Antes de tratarmos o tema sob a perspectiva da Maçonaria, vamos nos valer do conhecimento acadêmico para gerar especulações simbólicas e fazer algumas divagações úteis. Nos estudos da Matemática, a reflexão é evidente na sagrada Geometria. Temos uma figura e, quando SOBREPOMOS os pontos que a compõem em um outro plano, todos na mesma distância, o que resulta é uma imagem especular da original. A partir deste postulado, de que se deve const...

Continuar leitura…

SOBRE O AUXÍLIO MAÇÔNICO

23 de Março de 2017

SOBRE O AUXÍLIO MAÇÔNICO   “Toda oportunidade que perderes de ser útil, serás considerado perjúrio.”   Simples assim? Não!  Afinal, toda emoção que extrapola a razão, faz do Maçom um tolo. A instrução deve se impactante, a fim de não nos perdermos ou mal administrarmos energias, tempo e recursos financeiros.  A CARIDADE MAÇÔNICA SÓ PODE SER CONSIDERADA COMO TAL, SE CUMPRIDOS OS REQUISITOS: JUSTO E NECESSÁRIO. Sabiamente, este preceito nos é instruído desta forma para evitar o famig...

Continuar leitura…

A MAÇONARIA E O AMOR

23 de Março de 2017

A MAÇONARIA E O AMOR Vários sentimentos norteiam os Maçons levando-os às práticas necessárias para consolidação, basicamente, em duas situações. A primeira, no campo individual, inspira-o a tornar-se “Justo e de Bons Costumes”. A segunda, o motiva a ser um “Construtor Social” Estes sentimentos e práticas, muitas vezes estão explícitos, como a Fraternidade, a Fé, a Liberdade, a Esperança, a Temperança. Outros permanecem subentendidos, como o juntar de calcanhares, o bater no avental ou a...

Continuar leitura…

COLABORAR COM O QUARTO DE HORA DE ESTUDO

5 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! COLABORAR COM O QUARTO DE HORA DE ESTUDO Em breve, nossas Lojas estarão em plena Força e Vigor.   Há três momentos extremamente importantes no labor maçônico praticado nos Templos:   - A Ordem do Dia - sem a qual não há o progresso do Maçom como partícipe da sociedade.   - O giro do Tronco de Solidariedade - cuja importância para o espírito maçônico não está na coleta dos metais, mas no seu propósito em aplicá-los no socorro aos desamparados da sorte. ...

Continuar leitura…

O Avental é Branco

5 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! O AVENTAL É BRANCO   Como elemento material, os aventais têm como função primordial proteger o trabalhador. Esta proteção se faz contra cortes, perfurações, queimaduras e também às sujeiras. Com o mesmo propósito, ou seja, proteção, nós Maçons Especulativos só podemos adentrar ao Templo, devidamente paramentados.   O primeiro desvio se dá pela deturpação do ato. Quando, por exemplo, um soldado coloca a farda, o capacete, o cinturão, o coturno, ele não está...

Continuar leitura…

PACIÊNCIA OU TOLERÂNCIA MAÇÔNICA ?

3 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! PACIÊNCIA OU TOLERÂNCIA MAÇÔNICA? Em nossa caminhada encontramos momentos em que a tolerância maçônica é invocada para resolver situações diversas. O problema surge quando a ação atinge as raias da apatia ou o pior, chega à atitude de conivência. Comentamos em artigo anterior sobre a relação do Maçom Tolerante para com o seu meio e para com os Irmãos. Tal relação foi interpretada sob a luz da virtude da indulgência (disposição para perdoar culpas ou erros) e...

Continuar leitura…

TEMPLO MAÇÔNICO UM AMBIENTE SAGRADO

1 de Março de 2017

Saudações, estimado Irmão! Retornando de Patos de Minas – MG, me pus a pensar sobre o que torna o TEMPLO MAÇÔNICO UM AMBIENTE SAGRADO    Consideremos o que seja um ambiente sagrado para nós. O que deve ser venerado; algo inviolável, respeitável e purificador do espírito. O que torna algo sagrado, não é a coisa, o objeto ou o ambiente em si. O que sacralizamos é a interação de algo com o nosso Ser e do nosso Ser com este algo. Nesta simbiose profunda, frequentemente, propici...

Continuar leitura…